6 equipamentos fundamentais movidos à energia solar no campo

6 equipamentos fundamentais movidos à energia solar no campo

Ter energia solar no campo é uma ótima estratégia para promover uma produção com o melhor custo-benefício. Conheça alguns equipamentos que fazem a diferença.

Atualizado por Raphael Fernandes em Agosto/2021.

Utilizar energia solar no campo é uma excelente alternativa de investimento para a rotina na produção rural, pois ela contribui para o aumento da produtividade, a elevação do padrão de qualidade e a garantia de melhorias em toda área no entorno – isso sem falar que torna o trabalho mais sustentável e ambientalmente correto.

Para ajudar você a saber mais sobre o assunto, listamos a seguir 6 tipos de equipamentos de energia solar no campo que vão te mostrar as vantagens que um investimento neste tipo de tecnologia pode te proporcionar. Acompanhe a seguir.

1. Sistemas de bombeamento solar

Um tipo especial de bomba de água que pode ser conectado diretamente aos painéis solares, as bombas solares funcionam a partir da radiação fotovoltaica dos painéis, sendo mais vantajosas que as bombas convencionais ao economizar energia.

Cada modelo possui uma capacidade específica de acordo com a sua marca e desenvolvimento, mas dependendo do modelo escolhido, pode-se bombear mais de 8 mil litros de água sem interrupção. Isso gera um melhor custo-benefício ao usuário, em relação aos métodos tradicionais de bombeamento.

2. Aquecimento solar

Desafio constante para quem mora no campo, as quedas de energia se devem muitas vezes às condições de rede serem mais precárias, e a disponibilidade de carga energética na região. 

Nesse caso, uma alternativa para sanar esse problema são os equipamentos utilizados para o aquecimento de água na propriedade. Seja ela para o consumo doméstico ou para o uso na produção rural. 

Estes equipamentos costumam ter uma necessidade de potência maior do que o comum, e a solução para isso é a utilização de energia solar, barateando o aquecimento no campo com os coletores solares que não utilizam a rede elétrica convencional, aliviando assim a sua demanda energética.

Entenda mais neste post: Como energia solar e aquecimento solar trabalham juntos?

3. Energia solar fotovoltaica conectada à rede

Uma possibilidade bastante eficaz é a adesão da energia solar fotovoltaica, caso a propriedade esteja conectada à rede de distribuição elétrica da região.

Transformando a radiação solar em corrente elétrica, uma usina fotovoltaica pode gerar uma economia considerável na conta de energia do usuário (até 95% nos custos), permitindo uma previsibilidade de gastos da produção rural.

Além disso, o investimento na instalação tem um retorno de médio a longo prazo, dependendo da capacidade de produção adquirida. E após quitado, o produtor pode utilizar o valor que era pago na conta de energia para investir na expansão e desenvolvimento de sua propriedade, alinhando tecnologia sustentável com economia.

Este tipo de equipamento possui uma garantia extensa, geralmente durando em torno de 25 anos, e sua manutenção preventiva é muito simples de ser realizada. 

Veja mais em: Como contratar uma empresa de energia solar?

4. Postes solares

A solução para as áreas onde não há rede de energia elétrica instalada, os postes solares são uma excelente alternativa de iluminação para tirar você do escuro. Equipamentos práticos, os postes solares funcionam com uma bateria de armazenamento para guardar toda a energia captada através da radiação solar e converter em luz.

Podendo durar entre dois e três dias seguidos de sol, as baterias dos postes solares são bem eficientes e proporcionam um custo-benefício muito bom ao usuário devido a necessidade de manutenção ser mínima. 

Aqui falamos mais sobre o assunto: Energia solar rural: por que investir?

5. Energia solar fotovoltaica isolada

Devido aos custos altos com bancos de bateria, a utilização de energia solar no campo de forma isolada (ou seja, sem estar ligada à concessionária da região) é uma solução pouco explorada. Mas, ainda assim, essa pode ser uma alternativa viável e econômica para você que não deseja arcar com os custos de instalação de uma rede.

Esses sistemas independentes são capazes de fornecer toda a energia necessária para sanar a demanda da sua propriedade. No entanto, por se tratar de um investimento alto, é importante se preparar financeiramente para isto, pelo menos até que você alcance o “ROI” (sigla em inglês para “Return Over Investment”, ou Retorno Sobre o Investimento).

Veja mais em: Vantagens do sistema fotovoltaico on e off-grid para a produção rural

6. Cerca elétrica movida à energia solar no campo

Por fim, uma outra possibilidade para o campo são as cercas elétricas movidas à energia solar. Geralmente aplicadas em locais mais distantes da propriedade, são uma ótima opção para a sua segurança.

Este tipo de equipamento, por ser instalado em locais mais distantes da rede elétrica geral da propriedade, possui um sistema isolado que é elaborado apenas para abastecê-lo de forma independente. 

Devido ao seu baixo consumo energético, este é um investimento barato que vem sendo muito utilizado nas propriedades rurais pelo Brasil.

Veja aqui o que falamos sobre o assunto: Energia solar no agronegócio: porque empresários investem?

E aí, gostou do conteúdo? Que tal aproveitar para tirar aquele seu projeto de energia renovável do papel? Venha bater um papo com a gente, e veja como podemos ajudar você a otimizar a sua produção com energia limpa. Acesse o link.

Até a próxima!

Diretor Administrativo da Dusol Engenharia Sustentável.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Voltar ao topo