Cidades Inteligentes e a energia solar

As cidades representam 75% do consumo global de energia elétrica e 80% da emissão de gases do efeito estufa. E para controlar as mudanças climáticas, é necessário que os centros urbanos sejam também cidades inteligentes.  Conhecidas como smart cities, essas cidades se definem pela forma com que o uso da tecnologia se desenvolve meio às […]

As cidades representam 75% do consumo global de energia elétrica e 80% da emissão de gases do efeito estufa. E para controlar as mudanças climáticas, é necessário que os centros urbanos sejam também cidades inteligentes

Conhecidas como smart cities, essas cidades se definem pela forma com que o uso da tecnologia se desenvolve meio às pessoas das metrópoles. Sua função é melhorar, de maneira significativa e sustentável, a infraestrutura urbana e a qualidade de vida de seus habitantes.

Com a demanda elétrica das metrópoles aumentando, a energia solar está sendo apontada como o futuro das cidades inteligentes. Graças à acessibilidade dos painéis fotovoltaicos, a energia solar pode ser facilmente adicionada a diversas áreas urbanas.

Entenda por que as fontes renováveis são o futuro energético.

O uso da energia solar nas cidades inteligentes

Localizada no leste do Japão, a cerca de 50 km de Tóquio, encontra-se a Fujisawa Sustainable Smart Town, ou simplesmente Fujisawa SST. A cidade inteira funciona de forma inteligente, reduzindo sua emissão de carbono em 70%. Além disso, existem as microrredes movidas a energia solar com capacidade de funcionar fora da rede por até 3 dias.

Na Índia, o clima e posição geográfica favoráveis possibilitam dias ensolarados a maior parte do ano. Dessa maneira, as cidades indianas estão recebendo incentivos políticos em conjunto com o seu desenvolvimento urbano. 

Só para ilustrar, já foram elaborados planos diretores para que 50 cidades tenham capacidade de geração de energia solar, principalmente através de telhados solares. A energia solar será aplicada também em aquecedores de água, iluminação pública, bombas para elevação de água, cozinha a vapor e sinais de trânsito.

Os obstáculos da energia solar

No entanto, o uso da energia solar no desenvolvimento de cidades inteligentes não está isento de obstáculos. A energia fotovoltaica é excelente, mas desde que o sol esteja brilhando. Nos dias nublados, por exemplo, a capacidade das matrizes solares pode ser minimizada e, consequentemente, reduzir a produção de energia.

Se apenas uma casa estivesse ligada à rede que perde sua eficiência solar, isso não seria um grande problema. Contudo, se toda cidade estiver conectada à produção de energia solar, é essencial planejar os períodos de baixa eficiência. Para isso, pode-se usar um sistema de geração de energia complementar.

Para minimizar o impacto do tempo nublado, a empresa IBM lançou um sistema de previsão de tempo com cobertura mundial. O IBM GRAF ajuda a democratizar as previsões do tempo para que pessoas, empresas e governos – em qualquer lugar – possam tomar melhores decisões sobre seus negócios.

Entre em contato com a Dusol e saiba mais sobre como a energia solar pode ajudar o seu negócio ou residência.

Dusol Engenharia
Somos uma empresa goiana de engenharia sustentável, com sedes em Goiânia-GO e Brasília-DF. Atuamos no desenvolvimento de projetos, instalações e consultoria para soluções de geração de energia limpa e renovável.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Voltar ao topo