Como aproveitar a água de chuva?

Aproveitar a água de chuva pode lhe fazer economizar muito e, ainda, ter uma vida mais sustentável e ambientalmente correta!

Nessa época do ano, uma ótima solução de economia é aproveitar a água de chuva, através de um sistema de captação e armazenamento.

Isso é perfeitamente possível e você pode utilizar a água para fins não potáveis, como lavar pisos, carros, irrigação do jardim e, também, para a descarga de bacias sanitárias. Imagine a economia na conta de água? Especialistas dizem que ela pode, inclusive, ser reduzida pela metade.

No post de hoje, portanto, vamos dar algumas dicas de como você pode aproveitar a água de chuva em sua residência, empresa, e, também, em sua produção rural. Confira.

Materiais necessários para aproveitar a água de chuva

Atualmente, existem muitos materiais simples de serem adquiridos para aproveitar a água de chuva, mas alguns são fundamentais para que o sistema seja eficiente.

A instalação de calhas no telhado, por exemplo, é fundamental para que a água seja captada e transportada através dos condutores para o seu local de armazenamento, que pode ser em uma cisterna, tanque ou caixa d’água.

O mercado de armazenamento de água está evoluindo, e, hoje em dia, existem vários tipos de cisternas de armazenamento, com diferentes tamanhos, formatos e capacidades – como o vertical e de tamanho menor, por exemplo, que dispensa o aterramento da cisterna.

Isso facilita muito na hora aproveitar água de chuva em imóveis sem espaço, pois uma mini cisterna pode ser facilmente instalada, como exemplificado na imagem a seguir:

(Fonte: Tecnotri)

É importante, ainda, a utilização de um sistema que tenha filtragem para remover as impurezas da água, para que ela já seja armazenada pronta para o uso.

Confira outros materiais que compõem um sistema completo para aproveitar a água de chuva:

  • Filtro grosseiro: retém os resíduos sólidos, como galhos, folhas, etc.
  • Filtro de areia.
  • Filtro desferrizador: remove o ferro e o manganês presentes na água.
  • Separador de Primeiras Águas: abstrai a primeira chuva, que não é indicada para uso.
  • Bomba: para o envio da água estocada para caixas de alimentação, caso ela seja utilizada em várias saídas (como torneiras e vasos sanitários, por exemplo).
  • Rede de aproveitamento: tubulação extra e independente da água potável, para que a água da chuva não seja misturada à de distribuição.

Como funciona o sistema de aproveitamento de água de chuva?

Aproveitar a água de chuva é bem simples: basicamente, as calhas no telhado captam a água, que é direcionada para a cisterna ou o tanque, ficando, assim, armazenada.

Essa água armazenada passa por uma série de filtragens para retirar as impurezas, como galhos, folhas e insetos, por exemplo. Caso o usuário prefira, também é possível adquirir uma bomba para transportar a água até uma caixa d’água.

Utilidades da água de chuva

Fique atento! A água de chuva não é potável, ou seja, não serve para beber, no entanto, tem muitas utilidades, tais como:

  • Área de serviço: máquina de lavar roupas.
  • Limpeza: lavagem de carros, fachadas e pisos.
  • Piscinas: a água da chuva pode ser complementada em até 1/3 do volume total de água da piscina.
  • Banheiros: descarga de vasos sanitários e mictórios.
  • Produção rural / jardim da residência: irrigação.
  • Arquitetura / decoração: fontes e espelhos d’água.
  • Uso industrial: torres de ar condicionado e resfriamento de máquinas.

Gostou de saber que você também pode aproveitar a água de chuva e economizar? Então, não deixe de levar essa ideia em consideração e comece a planejar o seu sistema.

No entanto, é importante ressaltar que esse aproveitamento deve ser feito de forma responsável, pois a água da chuva, se não captada, filtrada e armazenada corretamente, pode gerar alguns transtornos. Por isso, sempre verifique se os equipamentos estão dentro das normas de segurança da ABNT e conte com profissionais de excelência para a instalação.

Se você tem alguma dúvida sobre esse tema, deixe o seu comentário abaixo e acompanhe as novidades do blog da Dusol Engenharia Sustentável. Até a próxima!

Carlos Bouhid
Diretor Administrativo da Dusol Engenharia Sustentável.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Voltar ao topo