Horário de verão e painéis solares: a combinação perfeita para economizar energia

Descubra aqui o porquê! Se o horário de verão já é um período ideal para economizar energia, a combinação dessa época com a utilização de painéis solares para transformar a radiação do sol em eletricidade é o casamento perfeito ‒ ainda mais em um país como o Brasil. No post de hoje você vai descobrir o motivo. Acompanhe:   O horário […]

Descubra aqui o porquê!

Se o horário de verão já é um período ideal para economizar energia, a combinação dessa época com a utilização de painéis solares para transformar a radiação do sol em eletricidade é o casamento perfeito ‒ ainda mais em um país como o Brasil.

No post de hoje você vai descobrir o motivo. Acompanhe:

 

O horário de verão

Há dois tipos de pessoas: as que gostam do horário de verão e as que o detestam por vários motivos. Mas deixando essa questão pessoal de lado, o fato é que esse período é necessário e tem como principal objetivo aproveitar os solstícios de verão para economizar energia nos países mais distantes da Equador. O fenômeno transforma os dias no hemisfério sul maiores do que as noites, principalmente nos últimos dias do ano.

Essa luminosidade extra faz com que liguemos menos as lâmpadas e, consequentemente, gastemos menos energia. O horário de verão funciona como uma espécie de “relógio” que ajusta o solstício à rotina das pessoas, fazendo com que elas aproveitem mais a luz solar, diminuam a sobrecarga nos tradicionais horários de pico e, consequentemente, o trabalho nas usinas de produção de eletricidade.

Adotada em 1916 na Alemanha durante a 1ª Guerra Mundial para economizar carvão, o horário de verão, aos poucos, foi se espalhando pelo mundo e chegou ao Brasil pela primeira vez em 1931 ‒ mas somente a partir de 1985 passou a ser uma prática rotineira em alguns Estados, sendo estipulado por Decreto em 2008.

No Brasil, fazem parte do calendário do horário de verão os estados mais distantes da linha do Equador ‒ Centro Oeste, Sul, Sudeste, além do Distrito Federal ‒, por haver maior variação entre dia e noite no verão. Nesse caso, o Sol nasce antes do despertar da maioria das pessoas.

Segundo divulgado pela Agência Brasil (EBC), estima-se que a economia gerada no horário de verão de 2016 tenha girado em torno dos R$ 147,5 milhões, representando uma redução na demanda de eletricidade em 3,7% nas regiões Centro-Oeste e Sudeste e 4,8% no Sul.

 

Mas se já economizamos energia no verão, por que os painéis solares ainda são necessários?

Simples: para a economia ser realmente sentida em nosso bolso. Afinal de contas, a conta de energia elétrica sobe ainda mais no verão, principalmente por conta do aumento do uso do ar condicionado nas casas, empresas e indústrias. Se por um lado deixamos a luz apagada no verão, por outro, necessitamos nos refrescar mais, inclusive à noite.

Em outras palavras, o país, como um todo, economiza na geração de energia ‒ mas não a ponto de sentirmos essa redução na conta mensal.

Implantar o sistema fotovoltaico, com painéis solares, portanto, torna-se um grande benefício para os usuários. Isso porque a principal matéria-prima para a produção de energia elétrica encontra-se em abundância em nosso país: o Sol.

Dados divulgados pelo Atlas Brasileiro de Energia Solar (2006) mostram que o Brasil, por estar localizado em sua grande maioria na região intertropical, possui um dos maiores índices de irradiação solar do mundo (1500 ‒ 2500 kWh/m2) passando na frente de países como Alemanha (900 ‒ 1250 kWh/m2), França (900 ‒ 1650 kWh/m2) e Espanha (1200-1850 kWh/m2) ‒ onde a captação de energia solar é amplamente incentivada, inclusive pelos governos locais.

Isso significa que o nosso potencial é enorme, o maior de todos os países do mundo. E esses benefícios podem ser aproveitados em nossas casas com a instalação de painéis solares, não precisando esperar por decisões governamentais.

energia fotovoltaica, além de todos os outros benefícios, pode proporcionar uma economia de até 95% na conta de energia ‒ de forma limpa e extremamente eficiente, trazendo vantagens para pessoas, empresas, indústrias e agricultura: é o Sol trabalhando em nosso favor.

Diante disso, podemos concluir que o horário de verão é benéfico, sim, para a economia do país ‒, mas só sentiremos de verdade esse fator quando nós mesmos adotarmos medidas para captar a nossa própria energia com a ajuda dos painéis solares.

Agora que você já sabe a importância da captação da energia solar, saiba como escolher a melhor marca de painéis fotovoltaicos e até a próxima. 

Carlos Bouhid
Diretor Administrativo da Dusol Engenharia Sustentável.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Voltar ao topo