Como adotar uma irrigação sustentável na produção rural

Conheça os benefícios e funcionamento da irrigação solar! Desde o surgimento do sistema de irrigação, a produção rural vem colhendo bons resultados no campo, garantindo o aumento da produtividade e a sobrevivência da plantação. Para obter melhores resultados e diminuir os gastos, principalmente de energia elétrica, os produtores rurais têm a opção de adotar um sistema de irrigação sustentável, […]

Conheça os benefícios e funcionamento da irrigação solar!

Desde o surgimento do sistema de irrigação, a produção rural vem colhendo bons resultados no campo, garantindo o aumento da produtividade e a sobrevivência da plantação.

Para obter melhores resultados e diminuir os gastos, principalmente de energia elétrica, os produtores rurais têm a opção de adotar um sistema de irrigação sustentável, que substitui o uso da rede elétrica e de combustível pela tecnologia que utiliza a energia solar, conhecida como irrigação solar.

No post de hoje, você vai conhecer os benefícios da irrigação solar e como esse sistema funciona na prática. Acompanhe.

Benefícios da irrigação sustentável na produção rural

Não é por acaso que os produtores rurais estão substituindo o sistema convencional de irrigação pelo o que utiliza a energia solar. Afinal, são muitas as vantagens para o empreendimento rural, tais como:

Eliminação do uso de combustíveis fósseis

Algumas bombas de captação da água para a irrigação são movidas a combustíveis fósseis, como diesel e gasolina ‒ que além de ter preço mais elevado, podem contribuir para a poluição do ar e da própria água.

Não há necessidade da energia da rede elétrica

Algumas bombas movidas à eletricidade também acabam tendo um preço mais elevado por depender da rede elétrica, com seus tributos e demais valores embutidos, fazendo com que a conta mensal seja alta.

Por isso, a energia solar é uma ótima alternativa para a produção da eletricidade, fazendo com que o produtor não fique na dependência da rede convencional.

Redução de custos

Por não haver a necessidade de rede elétrica e da compra de combustível, os custos da irrigação solar são bem menores, inclusive em relação à instalação. Não é preciso, por exemplo, adquirir os fios de interligação com a rede, que podem sair caro.

Bombeamento eficiente

Com a energia solar, as bombas não correm o perigo de queimar por causa das oscilações da rede elétrica, raios e trovões.

Nos kits de instalação que vêm com uma bateria de armazenamento de energia, o sistema continua em pleno funcionamento, mesmo em baixos índices de irradiação. Quando eles não possuem essa bateria, basta estabelecer os melhores horários para o funcionamento do sistema, como no início da tarde, por exemplo.

Possibilidade de utilização de vários tipos de irrigação

A energia solar não impede que o produtor utilize a forma de irrigação mais adequada para o seu empreendimento, seja por gotejamento, pivô central ou aspersão. Além disso, as bombas podem ser instaladas em diversos locais e níveis de profundidade, tanto externamente quanto submersas para a captação de águas mais profundas.

Baixo custo de manutenção

Como não existe o uso de combustível e peças acopladas na bomba, a manutenção da irrigação sustentável é muito baixa, se resumindo, praticamente, à limpeza das placas solares.

A irrigação solar na prática

O sistema de irrigação solar é muito simples. O kit é composto pelas placas fotovoltaicas, pela bomba de captação da água, por um controlador (que regula o funcionamento da bomba) e, se o produtor optar, por uma bateria de armazenamento de energia. Também é necessária a instalação de um reservatório de água.

Basicamente, a irrigação sustentável funciona dessa forma:

  1. As placas solares captam a radiação solar, transformando-a em energia elétrica;
  2. A energia ativa a bomba, que irá captar a água de poços, rios ou de outro local pré-definido;
  3. A água captada vai para o reservatório, estando apta para a irrigação.

O valor de instalação do sistema vai depender de vários fatores, como o tamanho da área a ser irrigada e o local de captação da água, por exemplo.

Viu como a energia solar torna a irrigação sustentável mais simples na produção rural? Ela tem um excelente custo-benefício para pequenos, médios e grandes produtores.

Se você se interessou em conhecer mais sobre o sistema de irrigação solar e o que ele pode fazer pela sua produção rural, solicite agora mesmo um orçamento. Nossos consultores estão à sua disposição!

Carlos Bouhid
Diretor Administrativo da Dusol Engenharia Sustentável.

Compartilhe:

Posts Relacionados

Voltar ao topo