Blog da Dusol

05
set

Investir em energia solar em Rio Verde é mais que uma expectativa de economia no bolso – é uma realidade. Não é à toa que vários moradores e empresários já aderiram a essa tecnologia sustentável.

Com uma estimativa de mais de 217 mil habitantes (IBGE 2017), a quarta cidade mais populosa do Estado de Goiás é um cenário excelente para investir nessa tecnologia limpa, renovável e verdadeiramente econômica.

No post de hoje, listamos três grandes motivos. Acompanhe.

1. Porque Rio Verde está localizado no “cinturão do Sol brasileiro”

Sim, o Estado de Goiás, incluindo o município de Rio Verde, está localizado na região do país que apresenta um dos maiores índices de irradiação solar.

O cinturão do Sol significa que ele brilha na maior parte do ano, ou seja, apresenta um alto índice de irradiação solar – cenário perfeito para que as placas solares captem a maior quantidade possível de radiação.

Na prática, investir em energia solar em Rio Verde é um excelente negócio, porque a produção de eletricidade será constantemente alta, o que reduzirá a conta de energia mensal. E o que for produzido em excesso ficará como créditos na concessionária de energia para serem utilizados em até 60 meses (saiba mais neste post).

2. Porque os moradores de Rio Verde podem aderir ao financiamento do Programa Goiás Solar

Bom, existem várias linhas de financiamento espalhadas pelo país, mas, especificamente para os moradores do Estado de Goiás, o chamado Programa Goiás Solar sai na frente.

Trata-se de um programa que ampliou a Linha de Crédito Produtivo Energia Solar, que é disponibilizada pela Goiás Fomento em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED).

Esse programa é específico para micro e pequenos empresários, além de microempreendedores individuais (MEIs), e os limites de financiamento variam de R$ 30 mil a R$ 200 mil, com carência de até 60 meses para iniciar o pagamento.

Neste post a gente conta mais detalhes sobre o programa, e se você não se enquadra nessa categoria para o financiamento de energia solar em Rio Verde, não se preocupe: existem outros financiamentos bem interessantes para pessoas físicas e, também, para proprietários rurais. Saiba aqui.

3. Porque você pode se unir a outras pessoas para utilizar energia solar em Rio Verde

Se você quer investir em energia solar em Rio Verde, uma ótima alternativa é aderir à chamada geração compartilhada.

Criada em 2015 pela ANEEL, trata-se de uma modalidade que permite a união de pessoas por meio de consórcio, cooperativa ou condomínio solar, para, juntas, gerarem energia para seus imóveis ou estabelecimentos comerciais.

Quer um exemplo? Se você mora em um apartamento, pode se reunir com seus vizinhos para a criação de um condomínio solar. Na prática, cada um contribui financeiramente para a instalação da tecnologia, que vai gerar energia para cada apartamento individualmente.

Outro exemplo: se você é um comerciante em Rio Verde, pode se unir a outros empresários da cidade por meio de cooperativa ou consórcio para investirem na instalação do sistema, que beneficiará todas as empresas que aderirem.

Interessante, não é mesmo? Para entender melhor como funciona o sistema de geração de energia compartilhada, leia este post.

Viu como esses três motivos são mais do que suficientes para você investir em energia solar em Rio Verde? Além de morar no cinturão do Sol brasileiro, você tem acesso a linhas de crédito especiais e, ainda, pode se reunir com outros moradores para que, juntos, economizem até 95% nas contas de energia!

Então, se você é morador de Rio Verde e ficou interessando em saber mais detalhes sobre esse assunto, entre em contato conosco agora mesmo. Até a próxima!

Comentários