Blog da Dusol

26
dez

Uma das perguntas que costumamos receber dos leitores do blog é se existe algum modo de utilizar energia solar para dias nublados. Será que é algo viável?

Bom, já adiantamos a resposta: sim, é possível continuar aproveitando a energia solar quando o tempo não está ensolarado. Aliás, existem dois motivos que explicam essa afirmação.

Entenda detalhes no post de hoje!

A energia solar para dias nublados: é possível?

O sistema fotovoltaico tem uma relação direta com a incidência de raios solares nos painéis. Quanto maior for a incidência da radiação solar, maior será a eficiência da produção de energia. Ao contrário, quando os dias estão nublados ou chuvosos, a produção diminui.

Portanto, é importante dizer que a energia solar pode continuar produzindo energia elétrica em dias de céu encoberto – mas nesses casos, a eficiência diminui justamente por causa das nuvens, que acabam barrando grande parte da radiação solar. Além disso, lembre-se que durante a noite, a energia solar não produz eletricidade nos imóveis, porque nesse caso não há nenhuma radiação solar direta nas placas.

Saiba mais: 10 principais dúvidas sobre energia solar.

Mas isso não é um fator para desanimar você de investir no sistema de energia solar para dias nublados. Sabe o por quê? Por dois motivos. O primeiro deles é que todo projeto de instalação de energia solar já leva em consideração a quantidade média de horas de sol por dia em cada região do país (isso se chama “radiação solar média local”).

Como resultado, o projeto já prevê a instalação da quantidade certa de painéis que já compensam esses dias encobertos. Por isso é tão importante você investir em um sistema fotovoltaico de qualidade, cujos profissionais sejam especialistas na criação dos projetos.

E por falar em compensar, eis o segundo motivo que explica o uso de energia solar para dias nublados:

O sistema de compensação de energia solar para dias nublados

Quando o sistema fotovoltaico gera energia elétrica excedente em dias ensolarados, entra em ação o sistema de compensação de energia solar para dias nublados e durante a noite.

Esse sistema é regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o funcionamento é simples: se o seu sistema fotovoltaico gerou mais energia do que o imóvel demanda, então esse excedente retorna para a distribuidora de energia da sua região em forma de créditos de energia.

Esses créditos serão abatidos em sua conta mensal de energia e automaticamente utilizados para manter o sistema funcionando durante a noite e também em dias de pouca incidência de radiação solar. Esses créditos valem por 60 meses (cinco anos).

Na prática, você continua economizando em sua conta de energia, justamente por conta do sistema de compensação. Aliás, esses créditos gerados também podem ser aproveitados em outras unidades consumidoras que estejam em seu nome (desde que elas também estejam dentro da mesma área de concessão da distribuidora).

Bom, agora que você já sabe que pode utilizar energia solar para dias nublados, está na hora de saber 3 coisas que vão acontecer com quem não adotar energia solar em breve

Comentários