Blog da Dusol

14
fev

O produtor rural tem um enorme papel no desenvolvimento da humanidade; afinal, é do campo que vêm os alimentos que servem como base da nossa alimentação e que contribuem para o desenvolvimento saudável e qualidade de vida.

Por conta dessa responsabilidade e, também, da própria responsabilidade como profissional, cujo instrumento de trabalho é a terra e a água, é preciso sempre buscar por uma gestão da agricultura que seja sustentável e ecologicamente correta, de forma que os impactos na natureza sejam minimizados.

E isso diz respeito a ações que podem ser tomadas, como a adoção de energias limpas, o aproveitamento da água da chuva, a diminuição do uso de defensivos agrícolas e, na pecuária e avicultura, a criação dos animais de forma mais livre, eliminando o uso de produtos e medicamentos.

Sabemos que esses são grandes desafios da gestão da agricultura brasileira, mas uma vez adotados, certamente, podem elevar o valor de mercado e atrair um nicho cada vez maior de consumidores ávidos por produtos com o menor impacto ambiental possível, e que trarão benefícios à saúde.

No post de hoje, vamos falar sobre como você pode colocar em prática a responsabilidade ambiental no campo no quesito energia limpa. Estamos falando da energia solar, que, certamente, é um investimento que trará diversas vantagens à sua produção rural. Acompanhe.

1. A energia solar é uma aliada na dessalinização da água da propriedade

O fato de que muitos locais na zona rural do país apresentam água com elevada concentração de sais, o que a torna imprópria para o consumo humano e outras atividades, torna o uso do dessalinizador uma necessidade fundamental.

Esse equipamento, por sua vez, consome uma quantidade de energia elétrica considerável por conta da alta demanda no processo de filtragem da água. Uma alternativa ecologicamente sustentável e que não prejudica em nada a atividade é simplesmente utilizar a energia solar – com seus painéis fotovoltaicos – para gerar a energia.

Outra boa notícia é que o efluente que sobre do processo de dessalinização pode ser reaproveitado para outras atividades, incluindo a produção de pescado, contribuindo para melhorar ainda mais a gestão da agricultura.

2. Gestão da agricultura sustentável torna a irrigação mais econômica

Irrigar a produção de forma econômica é um dos grandes desafios da gestão da agricultura, mas isso pode ser resolvido por meio de dois sistemas: a energia solar e a captação e aproveitamento da água da chuva, que pode ser armazenada e utilizada, principalmente, em épocas de estiagem.

Quanto à energia solar, ela pode facilmente substituir os custos com eletricidade convencional e combustível na hora de bombear a água. Dependendo do equipamento adquirido, pode ser bombeado mais de 8 mil litros de água ininterruptamente e com força, de modo que a água seja facilmente captada de poços freáticos.

Além disso, com um simples sistema de captação de aproveitamento da água da chuva, você economiza o recurso e reduz os efeitos negativos dos períodos de seca, que prejudicam a lavoura e o seu planejamento financeiro.

Já fizemos um post que explica com detalhes como esse sistema pode ser implantado, inclusive na sede da propriedade e na gestão da agricultura de forma geral.  

3. Reduz a conta de energia como um todo – e leva eletricidade em localidades sem distribuidora

Por fim, e igualmente importante, o impacto da gestão da agricultura é reduzido significativamente com a energia solar porque ela, simplesmente, ajuda a levar energia limpa e renovável a toda localidade.

Com esse sistema, você pode instalar cercas elétricas e até postes de iluminação na localidade, mesmo que ela não esteja conectada à rede de distribuição convencional. Isso porque basta uma bateria para que a energia produzida pelo Sol seja armazenada e distribuída na região. E não pense que a manutenção desse sistema é complicada – leia esse post para entender.

Mesmo que a sua propriedade esteja ligada ao sistema convencional de energia, ainda assim vale a pena utilizar a energia solar, pois isso reduz drasticamente a sua dependência e faz com que você economize muito na conta mensal – dependendo da capacidade de produção instalada, essa economia pode chegar a 95%, significando um excelente retorno sob o investimento (ROI).

Se você se interessou sobre o assunto e deseja saber como a energia solar pode te ajudar a reduzir o impacto ambiental e também nas finanças da sua propriedade rural, clique aqui e entre em contato conosco.

Comentários